0-sexy0-sexy.tumblr.com

Diamond

E naquele refrão coube uma vida inteira.

Tags ()

    Eu me identifico com as causas perdidas. Primeiro, porque ninguém costuma querer uma como a minha. Segundo, porque nem eu quero. Não essa, a minha. Não essa que dança pelos salões da vida caindo em todos antes mesmo de a música acabar. De perdido em perdido se faz até uma seção, e isso já é mais do que a maioria de nós vai ter algum dia. É pelo menos a coleção de algo e, tudo bem, eu sempre quis colecionar qualquer coisa. Se é o jeito para guardar o que for, eu aceito, porque um dia a força do contra sempre se vai. Já não me guardo. A minha causa não se acolhe mais por si só. E, se quem a acolhe não quiser me incluir na sua coleção particular, eu viro só mais uma seção que não quer aprender a continuar. Como toda seção, me reparto.

    Camila Costa  (via alentador)

    Quero tudo novo de novo. Quero não sentir medo. Quero me entregar mais, me jogar mais, amar mais. Viajar até cansar. Quero sair pelo mundo. Quero fins de semana de praia. Aproveitar os amigos e abraçá-los mais. Quero ver mais filmes, ler mais. Sair mais. Quero não me atrasar tanto, nem me preocupar tanto. Quero morar sozinha, quero ter momentos de paz. Sorrir mais, chorar menos e ajudar mais. Quero ser feliz, quero sossego. Quero me olhar mais. Tomar mais sol e mais banho de chuva. Preciso me concentrar mais, delirar mais. Não quero esperar mais. Quero fazer mais, suar mais, cantar mais e mais. Quero conhecer mais pessoas. Quero olhar para frente. Quero pedir menos desculpas, sentir menos culpa. Quero mais chão, pouco vão e mais bolinhas de sabão. Quero ousar mais. Experimentar mais. Quero menos “mas”. Quero não sentir tanta saudade. Quero mais e tudo o mais. E o resto que venha se vier, ou tiver que vir, ou não venha.

    Fernando Pessoa.   (via suavizou)