Eu já quis te dizer muitas coisas, mas hoje, nessas circunstâncias não cabem mais palavras. Não quero prolongar essa despedida, quero apenas ir embora porque não tenho mais nada pra fazer aqui. Sei que já fui e voltei inúmeras vezes, mas é que eu precisava constatar que eu vivo melhor sem você. Por um tempo eu fui uma menina, cujo mundo só fazia sentido se ficássemos juntos. Mas aí eu cresci, amadureci e descobri que eu me basto, e que pra ficar do meu lado tem que se doar mais, porque eu estou cansada de me doer. Parei de aceitar menos do que mereço. Você me teve, e sabe disso. Só que hoje eu sou outra. E sendo outra eu não sou mais sua.

<>Eu yin, ele yang.  (via reciteis)