@27-05-94
XIMMXV ♡
Posts
722
Last update
2016-04-12 21:15:44

    “Às vezes, tenho medo de criar uma distância insuperável entre mim e as pessoas que me são queridas. O perigo não é a distância física, os milhares de quilômetros que muitas vezes nos separam; o perigo é deixarmos de nos entender. Mesmo ausentes, continuamos a existir em todos os momentos.” (José Luís Peixoto)

    É mais fácil ficar sozinho. Porque, e se você descobrir que precisa de amor, e depois não o tiver? E se você gostar e depender dele? E se você modelar sua vida toda em volta dele, para então ele acabar? Você consegue sobreviver a tamanha dor? Perder amor é como perder um órgão. É como morrer. A única diferença é que a morte acaba. Isto, pode durar para sempre…

    Grey’s Anatomy.   (via renunciador)

    “(…) Eu nunca vou entender porque a gente continua voltando pra casa querendo ser de alguém, ainda que a gente esteja um ao lado do outro. Eu nunca vou entender porque você é exatamente o que eu quero, eu sou exatamente o que você quer, mas as nossas exatidões não funcionam numa conta de mais…”

    Tati Bernardi (via geramor)

    Se eu resolvesse escrever toda tristeza que há aqui dentro, me arrependeria de todo esforço feito até hoje para continuar aqui. Acho bonito os minutos de carinhos, ou as brincadeiras feitas ao longo do dia, digo, dia esse que forço a cada semana com minha cara de pau excessiva. Engraçado sentir falta de quem diz precisar sentir falta de mim. O que falar das diversas vezes que fui magoada e entristecido por um egoísmo iraizado que chega ser cruel e absurdo, diante de alguém que é capaz de qualquer coisa por você. Esse é meu erro, defeito, loucura, doença! Fazer o que for por você, inclusive matar meu amor próprio aos poucos ou assustadoramente rápido demais para quem ama em demasia. Acho que amor não é bem seu ponto forte, talvez por ser lindo, você é lindo, sim, muito lindo, houvesse aos teus pés as milhares de mulheres que em uma briga ou outra voce sempre faz questão de sinalizar como se fossem as medalhas conquistadas a cada campeonato, ou até mais valiosas. O que não teve e tem muito valor aqui, sou eu! E como eu não queria amar você. Como queria tentar amar, sei la, alguém por ai que fosse capaz de entender que eu não preciso sentir saudade de quem eu amo, ou que quando se pede um favor é preciso ser feito e não ser feito a vinte ou trintas minutos depois, quando já não se nenhuma mensagem naquela droga de celular. Alguém que saiba que atenção é preciso. Eu naonte acho errado, acho que eu escolhi depois de tanto tempo amar errado, amar sofrido, e por conta disso eu vivo a mendigar por um pedacinho do teu mundo egoísta que me faz chorar.

    Estranho ser depende de algo tão diferente de tudo que você ta acostumado a ter. Estranho uma pessoa que tem de tudo, querer viver em um lugar que não tem nada. Estranho se apaixonar por pessoas que não se importam se você se alimentou, ou se está sentindo dor. Estranho demais viver aqui, viver assim, planeta terra.